Team TWS

if you want to contact the TeamTWS send us an email to the agency
paulafranco@dreameragency.com

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Color On Tanned Skin

I usually wear black swimwear, and I do like it a lot.

But, in a tanned skin color goes so well too, so I have always some swimsuits in color, red, blue, yellow, and for sure also with patters.

Here goes some good ideas for this summer season swimsuits, to enjoy the sun and the beach or the pool in a good mood.

You must choose a swimsuit in which you feel good in it, don't forget. Ad some large tee or dress, or some denim shorts and up you go, enjoy the sun!

A scarf, a hat and by sure the sunnies, complete the look.

Don't forget to drink lots of water and don't stare at the sun, walk, run, play, but move. Your body and mind will really appreciate it.

Stay positive dear followers,

Pf














quarta-feira, 21 de maio de 2014

TEDxCantanhede || Mais Do Que Palavras || More Than Words

O Museu da Pedra foi palco de um TEDxCantanhede que foi além das palavras.
Na verdade, não foi um TEDx de palavras, pelo contrário. Foi um TEDx de sabores vertidos em sentimentos, foi de sons e imagens. Foi um TEDx de momentos inexplicáveis.

Começou com o som melancolicamente agitado de João Gentil, um som que perturbou o silêncio que atravessava a sala, fazendo o público desligar-se do sol que se sentia nesse dia e levando-o a navegar por memórias.

Terminou com a TED Talk em jeito de performance do grupo Roncos e Coriscos que bombardearam a audiência com histórias do fantástico passado português vivido no presente. Fabuloso Portugal que é uma mistura de culturas diversas e antagónicas. Somos um alegre paradoxo de consensos.

Ao longo de toda uma tarde no placo TEDx desfilaram ideias, projetos, percursos de vida, experiências felizes e menos felizes, mas todas feitas e vividas por sobreviventes.

Rui Munhoz, alma viajante em busca de inspiração permanente, já percorreu meio Mundo e de todas as viagens da sua vida, transmitiu ao público que os bons e os maus acontecimentos dependem somente da interpretação que lhes damos. Somos o que somos. Mas não devemos ficar nem ser reféns de preconceitos e nunca apáticos mas sim socialmente interventivos.

Jorge Mota fez juntamente com o público uma viagem, pondo a descoberto, as verdadeiras emoções que se escondem por detrás de palavras que mentem. Talvez por sermos incapazes de lidar com o que verdadeiramente sentimos, usamos palavras que não correspondem às nossas emoções. E a nossa memória vive de emoções e não de palavras.

Subiu ao palco André Faustino para nos falar do ADN, a linguagem da vida. Investigador cientifico de marcadores genéticos, procura respostas ao milagre da vida, a informação que passa de pais para filhos e que origina um ser único e individual. A importância, esforço e dedicação que a investigação cientifica exige só é possível ser conduzida por alguém que acredita realmente naquilo que faz.

Somos Fado. O Fado não se explica, sente-se. O Fado não se ensina, entende-se. Liliana Silva pisou o palco TEDx para falar de uma identidade portuguesa que é a paixão da sua vida. Este legado tão rico actual que temos do Fado já vem do século XIX, com uma origem humilde, todas as classes o abraçaram e fizeram dele estilo de ver a vida. Talvez seja o Fado um dos maiores mistérios da Alma Lusitana.

Nesta cidade portuguesa, Cantanhede, um projeto de vanguarda é algo que faz parte da comunidade. O Biocant. Investigação e evolução em prol de uma sociedade de qualidade. Carlos Faro dedica a sua vida em busca de uma sociedade sustentável. Carlos Faro vive e trabalha com os olhos postos no futuro. Mas se queremos ter uma sociedade sustentável, com qualidade de vida, tal exige um melhor exercício de cidadania por parte de todos os indivíduos. Oportunidades iguais, livres de preconceitos e barreiras mentais.

Daniel Neves fez uma TED Talk de esperança, construída por experiências difíceis e de muita luta, mas sempre de esperança. Quebrando o tabu da gaguez, levando-o para um plano cientifico, investigando-o de modo a ultrapassar ideias pré-concebidas associadas a incapacidade intelectual. Se o importante não são as palavras, mas sim as emoções, é urgente que a sociedade não discrimine quem não é falante em termos de normalidade. Somos sentimento e não palavras.

Juan Daniel Domingues deslumbrou a plateia ao explicar a evolução da sua pintura e a paixão que coloca em cada quadro seu. Cada obra criada transmite a sua percepção, carrega parte de si, deixando-se levar por todas as influências que habitam em si. A pintura, tal como a vida, deve ser deixada fluir.

Voltando à ciência agora com a oradora Sara Monteiro, uma TED Talk que transmitiu toda uma preocupação com o futuro da Humanidade e o impacto da sua investigação cientifica para atenuar a realidade aumento demográfico/menos terra arável. É necessário aumentar o rendimento das terras que existem e das culturas que produzimos. Temos de saber responder à questão: Onde queremos estar? Nós não herdamos a mundo dos nossos pais, apenas o tomamos emprestado dos nossos filhos.

O TEDx revela paixões. E quando essas paixões fazem mudar o modo como se vê o Mundo, essa mensagem tem de ser partilhada. O orador Frederico Dinis encontrou na música electrónica a sua filosofia de vida. Um percurso ao longo da sua vida que o levou a um palco TEDx para dizer a uma audiência atenta que a música traduz diálogos sonoros e visuais que dispensam palavras. Que não são precisas palavras para por as mentes inquietas com o fascínio pelo conhecimento.

O último orador, Manuel Castelo Branco, foi pertinente. Conduziu-nos através de uma reflexão incisiva sobre a dicotomia Estado Neo-Liberal/Estado Social quanto à conceção antropológica e sobre uma verdade: sem duvida, as escolas de economia, e porque a economia se tornou ao longo dos tempos, numa ideologia, influenciam os governos; tornaram-se em aparelhos ideológicos dos Estados. O ser humano acabou por se converter num factor de produção e urge agirmos. É fundamental.

Numa tarde intensa com tantas experiências, quando o final chegou as saudades já apertavam e a vontade de novo TEDxCantanhede já brilhava nos olhares. Um sorriso final.

Obrigado a todos que tornaram este TEDxCantanhede mais do que palavras, uma verdade acção.

Ana Arromba Dinis encerrou. Ou talvez não. As suas palavras foram um verdadeiro até já. 


Paula Franco






Versão em inglês


More than Words


The Museu da Pedra hosted one TEDxCantanhede that was beyond words .

Actually, it was not a TEDx words. Instead it was a TEDx poured into feelings of flavors, pure sound and images.

It began with the sound of busy wistfully by João Gentil , a sound that disturbed the silence across the room, making the audience turn off the sun felt on that day and taking it to navigate through memories.

Ended with the TED Talk and performance of the band Roncos e Coriscos that bombed the audience with stories of the past lived in this fantastic Portuguese land. Fab Portugal which is a mixture of various and different cultures. We are a joyful paradox of consensus.

Throughout an entire afternoon full of ideas, projects , patterns of life, happy and less happy experiences, but all done and experienced by survivors.

Rui Munhoz, soul traveler in search of permanent inspiration, has traveled half World and from all the voyages of his life, conveyed to the public that the good and bad events depend only on the interpretation we give them. We are what we are. But we should not be hostages of prejudices and never apathetic but socially interventional .

Jorge Mota made ​​along with the audience a journey, uncovering the true emotions that are hidden behind words that lie. Maybe because we're unable to deal with what we truly feel, we use words that do not correspond to our emotions. And our memory lives on emotions, not on words.

André Faustino took the stage to speak about DNA, the language of life. Scientific researcher of genetic markers, he seeks answers to the miracle of life, the information that passes from parents to children and that gives origin to a unique and individual being. The importance, effort and dedication that scientific research requires can only be conducted by someone who really believes in what he does.

We are Fado. Fado can not be explained, we must feel it. Fado is not taught, it is understood. Liliana Silva stepped TEDx stage to speak of a Portuguese identity that is the passion of her life. This current legacy so rich that we have at Fado comes from the nineteenth century, with a humble background, all classes embraced it and made ​​him a life style. Maybe Fado is one of the greatest mysteries of the Lusitanian Soul.

In this Portuguese city, Cantanhede, a vanguard project is something that is part of the community. Biocant. Research and development towards a society of quality. Carlos Faro dedicates his life in search of a sustainable society. Carlos Faro lives and works with his eyes set on the future. But if we want a sustainable society, quality of life, this requires a better exercise of citizenship among all individuals. Equal opportunity, free from prejudices and mental barriers.

Daniel Neves made ​​a TED Talk of hope built through hard experiences and a lot of struggle, but always hopeful. Breaking the taboo of stuttering, taking it to a scientific plan, investigating it to overcome preconceived ideas associated with intellectual disability. If the words are not important, but rather the emotions, it is urgent that society does not discriminate against anyone who is not speaking in terms of normality. We are feeling and no words.

Juan Daniel Domingues dazzled the audience by explaining the evolution of his painting and the passion he put into each frame and painting. Each work created transmits his perception, bears part of themselves, being carried away by all the influences that inhabit himself. The painting, like life, should be allowed to flow.

Returning to science now with the speaker Sara Monteiro a TED Talk that sent a whole care about the future of humanity and the impact of scientific research to mitigate the demographic reality / less arable land increased. It is necessary to increase the yield of the lands and cultures that exist to produce. We need to know to answer the question: Where do we want to be? We do not inherit the world from our parents, we just borrow it from our children.

TEDx reveals passions. And when those passions change the way we see the world, this message has to be shared. The speaker Frederick Dinis found in electronic music his philosophy of life. A journey throughout his life that led him to a TEDx stage to say to an attentive audience that the music translates audible and visual dialogues that do not require words. That are not accurate for words by the restless minds with the fascination for knowledge.

The last speaker, Manuel Castelo Branco , was relevant. He led us through an incisive reflection on the dichotomy Neo-Liberal State/Social State as the anthropological conception and on a truth : without doubt , schools of economics , and because the economy has become over time, an ideology , influence governments ; they became ideological apparatuses of states. The humans eventually become a production factor and urges to act. It is essential .

After an intense afternoon with many experiences, when the end came people were already missing it and the idea of another TEDxCantanhede was shining in their eyes. A final smile.

Thanks to everyone who made ​​this TEDxCantanhede more than words , a real  action.

Ana Arromba Dinis said the closing words . Or maybe not. Her words were more a “see you soon!”.


Paula Franco




#TEDxCantanhede

#TEDxCantanhede

#TEDxCantanhede

terça-feira, 13 de maio de 2014

Verdadeiro Processo Revolucionário


Em cada passo dado a sociedade percorre o caminho da evolução.

Está, sem dúvida, em permanente expansão.

Mesmo que por vezes esse avanço se faça através de um retrocesso. Aparente. Sim, podemos aceitar que certos acontecimentos na História da Humanidade, apesar de terriveis e intoleráveis, tenham tido um propósito de avanço evolutivo.

Divago, por exemplo, pela 2ª Guerra Mundial. Tempos de trevas que assolaram todo o Planeta, espalhando o ódio, a conspiração, a fome, a morte.

Sobreviventes com o coração ferido e pensamentos contaminados com as piores memórias. Países desvastados.

E, no meio do caos, um novo começo e um novo sentir de união entre os povos; um sentir a necessidade de paz para uma vida pacifíca e em equilibrio.

Era preciso proteger a paz.

Porque os povos queriam respirar, acordar, adormecer, viver sem o rancor entre os Homens e sem a destruição.

Grandes acontecimentos terriveis ensinaram-nos o quanto perigoso é viver em guerra, perseguição, ou seja, sem paz.

E, todavia, hoje em dia continuamos a insistir no paradoxo: criamos organizações que promovam a paz entre os povos, mas ameaçamos, invadimos, torturamos também. Lembramo-nos da necessidade de paz quando as ameaças que provocamos escapam do nosso controlo.

Neste tempo que atravessamos, o verdadeiro processo revolucionário opera-se através da diversidade e da complexidade.

Somente um profundo aceitar desta nossa divergência de rostos, de cor, de pensamentos, de rituais, de ideologias, torna possível o próximo salto na evolução.

Urge sabermos entender que somos complexos e diversos, povo para povo.

E sendo assim, questiona-mos, é possível viver em harmonia nesta divergência?

É esse o desafio.

Somos mutantes.

E a mutação não se fica apenas pelo aspeto físico.

A mutação acontece essencialmente a nível do pensamento. E quando quer, a Humanidade sabe ser admirável.

Paula Franco
#Pf #tws 






segunda-feira, 5 de maio de 2014

#TheWorldShape invites || SUSANA FREITAS

O The World Shape voltou a lançar o convite a um follower para uma colaboração com o #TWS! Desta vez a convidada é Susana Freitas, professora e pintora.
Depois de um longo período dedicado ao ensino da geografia quer a jovens, quer a adultos, na continuidade da sua paixão pela geografia, foi mais longe e iniciou um novo caminho na pintura. Escreveu e ilustrou um livro que irá publicar em breve e diz que conseguiu reunir 3 das suas grandes paixões: geografia, escrita e pintura. 

Durante o mês de Abril deu asas a um projecto, expor numa parceria inovadora: os seus quadros são eles próprios terapêuticos e por isso mesmo estiveram expostos no Centro de Haloterapia em Aveiro. Susana Freitas tem já outros projectos em vista, que estão a ser apaixonadamente preparados, e que irão conquistar o público.
O #TWS quer perceber como tudo começou e sobretudo partilhar com os seus followers esta alma que encanta através de uma personalidade tranquila e de uma força de vontade profunda. Alguém que inspira através da pintura. Hope you luv it, I did!!  Lot's of luv,  Pf

#TheWorldShape invites
SUSANA FREITAS 

Quando libertamos os desejos escondidos e enfrentamos o medo de os realizar, coisas fantásticas podem acontecer!

Andava eu a caminhar pelas margens da pateira de Fermentelos, num período menos bom da minha vida, quando me senti tão inspirada pelo que me rodeava que só queria saber pintar para transportar toda aquela calma e cores para a tela.  

O desencanto da alma não  me impediu de ver a beleza que me rodeava. As cores do Outono começavam a surgir e aos poucos deixei-me inspirar por tanta serenidade e beleza. Visualizei logo ali o que gostaria de pintar e de transmitir, contudo havia um problema: nunca tinha pintado, nunca fui praticante das artes decorativas, visuais, artísticas, nada... Sempre gostei de admirar arte, algumas experiências anteriores tinham-me levado a ser observadora e interessada pelas questões artísticas, mas apenas como observadora. Não deixei de pensar no assunto. Pedi ajuda a uma amiga, professora de Educação Visual, que foi comigo comprar os primeiros materiais. Vi que seria um hobby dispendioso, mas não me demoveu.

Fiz a primeira experiência sozinha e não me satisfez. Continuei a experimentar. Comecei a procurar pessoas que já tinham passado pelo mesmo que eu... Comecei a ser mais observadora...Tinha consciência das minhas limitações, os resultados não eram os que eu tinha imaginado, mas não desisti. Procurei uma professora e comecei a frequentar aulas. O meu entusiasmo era de tal ordem que eu tinha consciência da evolução que estava a ter todas as semanas. Não parei, experimentei várias técnicas, vários materiais, tentei praticar e experimentar o mais possível. Fazia trabalhos nas aulas, mas principalmente em casa. Gostava de ocupar os tempos disponíveis para aprender, melhorar, progredir.

Os horários foram mudando, a disponibilidade também, mas a realização que a pintura me tem trazido tem-me feito continuar  a procurar aprender sempre mais. 

Passaram dois anos e tive o privilégio de fazer uma pequena exposição, na freguesia onde tudo começou: Fermentelos. Chamei-lhe “As cores de Outono”.  A minha visão da arte é a minha visão. Para quem nunca tinha feito um risco, tenho trabalhado muito na minha evolução e sinto-me realizada com o que consegui até agora. Sei que ainda tenho muito trabalho pela frente até conseguir realizar o que imaginei, naquele dia, na Pateira. Sei que não agradarei a todos, mas quem agrada? Estou a agradar a mim própria, estou a fazê-lo por mim.      Os meus quadros pretendem transmitir calma, serenidade e a abstração do momento. Tudo aquilo de que precisamos em momentos difíceis para conseguirmos ver a inspiração, para não nos deixarmos perder no aparente caos, é transportarmo-nos para sítios calmos que nos ajudam a ver a vida de outra forma, muito mais bonita e serena. E não falta inspiração no nosso planeta fantástico. Foi isso que a pintura fez por mim nestes últimos 2 anos. A pintura e este processo criativo têm-me transformado numa pessoa diferente, mais calma e, ao mesmo tempo, mais corajosa para enfrentar medos antigos e realizar sonhos que estavam escondidos.       Depois de muitos anos, consegui escrever um pequeno livro que ilustrei, também. Outros projetos se seguirão. A pintura tem destas coisas: superarmo-nos todos os dias, também!  

Susana Freitas



Mais trabalhos e contacto em: http://sanafreitas.webnode.pt/
Facebook: Pedregulho na alma https://www.facebook.com/PedregulhonaAlma


all rights reserved by Susana Freitas

all rights reserved by Susana Freitas

all rights reserved by Susana Freitas

all rights reserved by Susana Freitas

all rights reserved by Susana Freitas

all rights reserved by Susana Freitas

all rights reserved by Susana Freitas



domingo, 4 de maio de 2014

TEDxCantanhede || Pensamento Divergente


 Somos mais que palavras. 

Por isso os nossos oradores irão trazer as suas emoções para o palco do TEDxCantanhede no dia 10 de Maio de 2014. Irão trazer o seu olhar, os seus gestos, o seu tom de voz conforme partilham as suas ideias com os TEDx’ers.

Será uma viagem por temas tão divergentes quanto é a mente humana e a própria vida. Diversidade temática e personalidades únicas com experiências de vida também elas singulares.

O orador Jorge Mota irá trazer o tema das palavras que são ditas através da liberdade do teatro, sem medo de críticas. A racionalidade das palavras e a liberdade das mesmas sob o tema Palavras – transporte de emoções ou mentiras para não as transportar? Uma boa questão.

E quando as palavras não são ditas com a fluência da generalidade das pessoas? Terão elas outro valor? Serão menos ou mais que as que são ditas de modo fluente na sociedade? O orador Daniel Neves irá abordar esta questão na sua TED talk sob o tema Entre o silêncio e a palavra: reflexões sobre gaguez, ciência e cidadania.

O orador Manuel Castelo Branco irá partilhar com o público uma análise pertinente pois analisar a ideologia por detrás das escolas de economia é debater o mundo económico e o papel do Estado na sociedade global que hoje vivemos. O tema As Escolas de Economia como Aparelhos Ideológicos do Estado é um tema profundo e transformador.

Liliana Silva falará sobre a alma portuguesa pois falar de Fado, é falar sobre este sentimento de ‘ser português’. O Fascínio e o Mistério do Fado é o tema da sua TED talk numa época em que o Fado foi declarado Património Imaterial da Humanidade, o que causa um imenso orgulho. 

Sabermos aceitar os outros com os seus aspectos culturais será uma ideia chave na TED talk do orador Rui Munhoz em que através do tema A Pegada Intrusiva irá abordar as experiências que resultam das viagens, da literatura e, das atitudes, pelas palavras ditas e escritas, sentidas pelos outros.

O avanço cientifico é fator determinante de desenvolvimento de uma sociedade e é isso mesmo que os TEDx’ers irão ouvir de Carlos Faro quando este partilhar a visão da Biocant relativamente a uma evolução que se pretende para a sociedade. E quando se fala de evolução, coloca-se a questão de se saber se estaremos preparados para isso.

A arte é uma forma de comunicação da Humanidade, sempre foi através dos tempos. Hoje mais do que nunca, pois se queremos ser mais do que palavras, temos de perceber que a Arte é falar através da criatividade, através da liberdade de pensamento. O orador Juan Daniel Dominguez através do tema Espelhos à Imagem dos Outros irá partilhar esta visão.

Todavia, o avanço da Humanidade prende-se muito com maior qualidade de vida e o combate às doenças, o avanço na cura do que faz o Homem sofrer é uma inquietação intemporal dos seres humanos, e o orador André Faustino dedica a sua vida a esta missão. Uma ocupação formidável e que sob o tema Da mosca ao Homem: o que nos une, iremos conhecer todo este trabalho.

O orador Frederico Dinis irá abordar um tema que vai além das palavras, é quando estas já não chegam que o diálogo entre o som e a imagem torna-se vital para assegurar que a mensagem seja captada pelo público. Diálogos Sonoros e Visuais fala-nos precisamente do facto de que não necessitamos de palavras para dialogar ou transmitir as nossas ideias.

Por fim, concluindo todo um painel transversal a oradora Sara Monteiro irá sob o tema A transferência da propriedade intelectual da Universidade para a Empresa: um fungicida de última geração, debater a questão de descobertas cientificas e a sua interligação com o mundo real, e a sua relação com o sucesso.

Mais do que um TEDx, será um evento sobre arte, ciência, emoção, som, gestos, experiências, imagem. As palavras não serão suficientes para descrever o que se vai passar, é preciso participar, é preciso ser um TEDx’er neste dia.

Todos os caminhos irão dar ao TEDxCantanhede.

Paula Franco


Versão em inglês

Divergent Thinking

We are more than words.

So our speakers will bring their emotions to the stage of TEDxCantanhede on May 10, 2014 . They will bring their look, their gestures , their tone of voice as they share their ideas with TEDx'ers.

It will be a journey through themes as divergent as is the human mind and life itself. Diversity with unique personalities and life experiences.

The speaker Jorge Mota will bring up the topic of words spoken through the freedom of the theater without any fear of criticism. The rationality of the words and the freedom of those under the theme Words - transport emotions or lies not carry them?  A good question.

And when words are not spoken with the fluency of most people? They will have another value? Will be less or more than those who are spoken fluently in society? The speaker Daniel Neves will address this issue in his TED talk under the theme Between silence and word: reflections on stuttering, science and citizenship.

The speaker Manuel Castelo Branco will share with the audience a meaningful analysis because analyzing the ideology behind the schools of economics is to discuss the economic world and the role of the state in the global society we live in today. The theme of The School of Economics as Ideological State Devices is a profound and transformative theme.

Liliana Silva will talk about Portuguese soul, because talking about Fado , is to talk about this feeling of 'being Portuguese .' Fascination and Mystery of Fado is the subject of her TED talk at a time when the Fado was declared Intangible Cultural Heritage of Humanity , which causes an immense pride.

Knowing how to accept others with their cultural aspects is a key idea in the TED talk of the speaker Rui Munhoz in which through the theme Footprint Intrusive will address the experiences that result from travel , literature , and attitudes , by words spoken or written , experienced by others.

The scientific breakthrough is crucial for the development of a society and it is this same factor that TEDx'ers will hear when Carlos Faro share this vision of Biocant relation to a development that is intended to society . And when talking about evolution, it raises the question of whether we are prepared for it.

Art is a form of communication of mankind that has always been through the ages . Today more than ever , because if we want to be more than words , we need to realize that art is about creativity and freedom of thought . The speaker Juan Daniel Dominguez through the theme Mirrors:  The image of the Other will share this view.

However , the advancement of humanity is holding much higher quality of life and combating disease , advances in healing of humans  is a timeless restlessness of human beings  and the speaker André Faustino dedicated his life to this mission . A formidable occupation and under the theme From fly to man : what unites us , we will know all this work.

The speaker Frederick Dinis will address an issue that goes beyond words, when words  no longer reach people, the dialogue between sound and image becomes vital to ensure that the message is picked up by the public. Sound and Visual Dialogues tells us precisely because we do not need words to talk or convey our ideas.

Finally, concluding a whole cross- panel, the speaker Sara Monteiro will under the theme The transfer of intellectual property from the University to the company: a fungicide of the next generation, talk about the issue of scientific discoveries and their interconnection with the real world, and their relationship with success.

More than a TEDx will be an event on art, science, emotion, sound, gestures , experiences , picture. Words are not enough to describe what will happen, you must participate, you must be a TEDx'er on this day.

All roads will lead to the TEDxCantanhede.

Paula Franco




www.tedxcantanhede.com